A ginecologia é uma especialidade médica dedicada à saúde feminina, abrangendo diversas condições e doenças específicas. O ginecologista é o profissional capacitado para diagnosticar e tratar uma ampla gama de problemas, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida das mulheres. Abaixo, destacamos algumas das principais doenças tratadas por esse especialista.

Distúrbios Menstruais

Síndrome Pré-Menstrual (SPM)

A SPM, manifestando-se dias antes da menstruação, traz sintomas variados, desde irritabilidade até retenção de líquidos. O ginecologista pode sugerir terapias comportamentais, mudanças na dieta e, em alguns casos, medicamentos para alívio dos sintomas.

Menorragia

Menstruações intensas e prolongadas podem indicar problemas como distúrbios hormonais, miomas uterinos ou condições uterinas. O tratamento inclui opções como medicamentos para controle do sangramento ou procedimentos cirúrgicos, dependendo da causa subjacente.

Infecções Ginecológicas

Vaginite

Causada por bactérias, fungos ou vírus, a vaginite apresenta sintomas como coceira, dor e corrimento. O tratamento envolve a identificação do agente causador e a prescrição de antifúngicos, antibióticos ou antivirais, conforme necessário.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)

Além de diagnóstico e tratamento, o ginecologista orienta sobre prevenção e aconselhamento sexual. O manejo de DSTs pode incluir antibioticoterapia, antivirais ou tratamentos específicos, dependendo da infecção.

Distúrbios Hormonais

Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP)

A SOP envolve desequilíbrios hormonais, levando a irregularidades menstruais e, em alguns casos, dificuldades de concepção. O tratamento pode incluir contraceptivos orais, medicamentos para regularizar a ovulação ou intervenções cirúrgicas.

Endometriose

Esta condição envolve o crescimento do tecido endometrial fora do útero, causando dor e, às vezes, problemas de fertilidade. O tratamento inclui medicamentos para aliviar a dor, terapias hormonais ou cirurgia para remover tecido endometrial ectópico.

Câncer Ginecológico

Câncer de Mama

Além da mamografia, o ginecologista orienta sobre autoexame e sinais de alerta. O tratamento varia de acordo com o estágio do câncer, podendo incluir cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Câncer de Colo do Útero

O rastreamento precoce é realizado por meio do Papanicolau. O tratamento depende do estágio do câncer e pode envolver cirurgia, radioterapia ou quimioterapia.

Distúrbios da Gravidez

Pré-eclâmpsia

Além do monitoramento da pressão arterial, o ginecologista pode recomendar repouso e, em casos graves, a antecipação do parto.

Aborto Espontâneo Recorrente

A investigação envolve exames genéticos, hormonais e uterinos para identificar possíveis causas. O tratamento pode incluir intervenções médicas ou cirúrgicas, dependendo do diagnóstico.

Tratamento de Miomas Uterinos

Miomas

O ginecologista monitora miomas assintomáticos e recomenda tratamento quando causam desconforto. Opções incluem medicamentos para controle dos sintomas ou procedimentos cirúrgicos para remoção.

Contracepção e Planejamento Familiar

Métodos Anticoncepcionais

O ginecologista fornece informações detalhadas sobre contraceptivos orais, DIUs, implantes e métodos de barreira, adaptando a escolha ao perfil da paciente.

Infertilidade

O diagnóstico envolve investigação de fatores masculinos e femininos. O tratamento pode incluir estimulação ovariana, inseminação artificial ou fertilização in vitro.

Distúrbios Uterinos

Pólipos Uterinos

Geralmente assintomáticos, os pólipos uterinos podem ser removidos cirurgicamente se causarem sintomas ou interferirem na fertilidade.

Hiperplasia Endometrial

O tratamento visa normalizar o crescimento do endométrio, podendo envolver medicamentos hormonais ou procedimentos cirúrgicos.

Doenças Benignas da Mama

Mastalgia

O ginecologista avalia se a dor nas mamas está relacionada ao ciclo menstrual e sugere estratégias de alívio, como modificação na dieta ou medicamentos.

Fibroadenomas

Geralmente não causam problemas, mas são monitorados quanto a alterações. Em casos sintomáticos, a remoção cirúrgica pode ser considerada.

Pós-menopausa e Envelhecimento

Atrofia Vaginal

Tratamentos incluem terapias hormonais locais, cremes e lubrificantes para aliviar os sintomas da atrofia vaginal.

Osteoporose

Além de orientar sobre suplementação de cálcio e vitamina D, o ginecologista monitora a densidade óssea e recomenda estratégias preventivas.

Dúvidas Frequentes

  1. O que é Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) e como é tratada?
    • A SOP envolve desequilíbrios hormonais. O tratamento pode incluir medicamentos para regularizar os ciclos menstruais e melhorar a fertilidade.
  2. Quais são os sintomas comuns de infecções ginecológicas e como são tratadas?
    • Sintomas como coceira, corrimento e dor podem indicar infecções. O tratamento inclui medicamentos específicos, como antibióticos ou antifúngicos.
  3. Como prevenir o câncer de colo do útero?
    • A prevenção envolve exames regulares, como o Papanicolau, e a vacinação contra o HPV. Essas práticas são fundamentais para detectar precocemente ou prevenir o câncer cervical.
  4. Quais são os principais sinais de endometriose e como é feito o diagnóstico?
    • Dor pélvica intensa durante a menstruação e relações sexuais são sinais comuns. O diagnóstico geralmente envolve exames de imagem e, em alguns casos, laparoscopia.
  5. Como identificar e tratar distúrbios menstruais, como a menorragia?
    • Menstruações excessivas podem indicar distúrbios hormonais. O tratamento pode incluir medicamentos para controlar o sangramento ou procedimentos cirúrgicos, dependendo da causa.
  6. Quais são as opções de contracepção mais adequadas para mim?
    • O ginecologista pode orientar sobre métodos anticoncepcionais, considerando a saúde geral, preferências e necessidades específicas de cada mulher.
  7. Como lidar com a mastalgia (dor nas mamas) e quando devo procurar ajuda médica?
    • O desconforto nas mamas é comum, mas a persistência de sintomas deve ser avaliada. O ginecologista pode oferecer estratégias para alívio e realizar investigações adicionais quando necessário.
Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

Clínica
Completa

Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

O Especialista
Certo

Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

Atendimento
Rápido

Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

Agende
Fácil

Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

Preços
Acessíveis

A ginecologia é uma especialidade médica dedicada à saúde feminina, abrangendo diversas condições e doenças específicas. O ginecologista é o profissional capacitado para diagnosticar e tratar uma ampla gama de problemas, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida das mulheres. Abaixo, destacamos algumas das principais doenças tratadas por esse especialista.

Distúrbios Menstruais

Síndrome Pré-Menstrual (SPM)

A SPM, manifestando-se dias antes da menstruação, traz sintomas variados, desde irritabilidade até retenção de líquidos. O ginecologista pode sugerir terapias comportamentais, mudanças na dieta e, em alguns casos, medicamentos para alívio dos sintomas.

Menorragia

Menstruações intensas e prolongadas podem indicar problemas como distúrbios hormonais, miomas uterinos ou condições uterinas. O tratamento inclui opções como medicamentos para controle do sangramento ou procedimentos cirúrgicos, dependendo da causa subjacente.

Infecções Ginecológicas

Vaginite

Causada por bactérias, fungos ou vírus, a vaginite apresenta sintomas como coceira, dor e corrimento. O tratamento envolve a identificação do agente causador e a prescrição de antifúngicos, antibióticos ou antivirais, conforme necessário.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)

Além de diagnóstico e tratamento, o ginecologista orienta sobre prevenção e aconselhamento sexual. O manejo de DSTs pode incluir antibioticoterapia, antivirais ou tratamentos específicos, dependendo da infecção.

Distúrbios Hormonais

Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP)

A SOP envolve desequilíbrios hormonais, levando a irregularidades menstruais e, em alguns casos, dificuldades de concepção. O tratamento pode incluir contraceptivos orais, medicamentos para regularizar a ovulação ou intervenções cirúrgicas.

Endometriose

Esta condição envolve o crescimento do tecido endometrial fora do útero, causando dor e, às vezes, problemas de fertilidade. O tratamento inclui medicamentos para aliviar a dor, terapias hormonais ou cirurgia para remover tecido endometrial ectópico.

Câncer Ginecológico

Câncer de Mama

Além da mamografia, o ginecologista orienta sobre autoexame e sinais de alerta. O tratamento varia de acordo com o estágio do câncer, podendo incluir cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Câncer de Colo do Útero

O rastreamento precoce é realizado por meio do Papanicolau. O tratamento depende do estágio do câncer e pode envolver cirurgia, radioterapia ou quimioterapia.

Distúrbios da Gravidez

Pré-eclâmpsia

Além do monitoramento da pressão arterial, o ginecologista pode recomendar repouso e, em casos graves, a antecipação do parto.

Aborto Espontâneo Recorrente

A investigação envolve exames genéticos, hormonais e uterinos para identificar possíveis causas. O tratamento pode incluir intervenções médicas ou cirúrgicas, dependendo do diagnóstico.

Tratamento de Miomas Uterinos

Miomas

O ginecologista monitora miomas assintomáticos e recomenda tratamento quando causam desconforto. Opções incluem medicamentos para controle dos sintomas ou procedimentos cirúrgicos para remoção.

Contracepção e Planejamento Familiar

Métodos Anticoncepcionais

O ginecologista fornece informações detalhadas sobre contraceptivos orais, DIUs, implantes e métodos de barreira, adaptando a escolha ao perfil da paciente.

Infertilidade

O diagnóstico envolve investigação de fatores masculinos e femininos. O tratamento pode incluir estimulação ovariana, inseminação artificial ou fertilização in vitro.

Distúrbios Uterinos

Pólipos Uterinos

Geralmente assintomáticos, os pólipos uterinos podem ser removidos cirurgicamente se causarem sintomas ou interferirem na fertilidade.

Hiperplasia Endometrial

O tratamento visa normalizar o crescimento do endométrio, podendo envolver medicamentos hormonais ou procedimentos cirúrgicos.

Doenças Benignas da Mama

Mastalgia

O ginecologista avalia se a dor nas mamas está relacionada ao ciclo menstrual e sugere estratégias de alívio, como modificação na dieta ou medicamentos.

Fibroadenomas

Geralmente não causam problemas, mas são monitorados quanto a alterações. Em casos sintomáticos, a remoção cirúrgica pode ser considerada.

Pós-menopausa e Envelhecimento

Atrofia Vaginal

Tratamentos incluem terapias hormonais locais, cremes e lubrificantes para aliviar os sintomas da atrofia vaginal.

Osteoporose

Além de orientar sobre suplementação de cálcio e vitamina D, o ginecologista monitora a densidade óssea e recomenda estratégias preventivas.

Dúvidas Frequentes

  1. O que é Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) e como é tratada?
    • A SOP envolve desequilíbrios hormonais. O tratamento pode incluir medicamentos para regularizar os ciclos menstruais e melhorar a fertilidade.
  2. Quais são os sintomas comuns de infecções ginecológicas e como são tratadas?
    • Sintomas como coceira, corrimento e dor podem indicar infecções. O tratamento inclui medicamentos específicos, como antibióticos ou antifúngicos.
  3. Como prevenir o câncer de colo do útero?
    • A prevenção envolve exames regulares, como o Papanicolau, e a vacinação contra o HPV. Essas práticas são fundamentais para detectar precocemente ou prevenir o câncer cervical.
  4. Quais são os principais sinais de endometriose e como é feito o diagnóstico?
    • Dor pélvica intensa durante a menstruação e relações sexuais são sinais comuns. O diagnóstico geralmente envolve exames de imagem e, em alguns casos, laparoscopia.
  5. Como identificar e tratar distúrbios menstruais, como a menorragia?
    • Menstruações excessivas podem indicar distúrbios hormonais. O tratamento pode incluir medicamentos para controlar o sangramento ou procedimentos cirúrgicos, dependendo da causa.
  6. Quais são as opções de contracepção mais adequadas para mim?
    • O ginecologista pode orientar sobre métodos anticoncepcionais, considerando a saúde geral, preferências e necessidades específicas de cada mulher.
  7. Como lidar com a mastalgia (dor nas mamas) e quando devo procurar ajuda médica?
    • O desconforto nas mamas é comum, mas a persistência de sintomas deve ser avaliada. O ginecologista pode oferecer estratégias para alívio e realizar investigações adicionais quando necessário.
Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

Localização

Av. Paulo Alves da Costa, N°22, Qd.10, Lt 09/12
Parque Amendoeiras, Goiânia / GO

  • (62) 3202-9999
  • (62) 99825-6655
clinica-goiania

Clínica GEDDA: Agendamento Rápido pelo Whatsapp e Telefone

  • Acessibilidade Financeira
  • Ampla Gama de Especialidades
  • Horários Flexíveis
  • Atendimento Rápido
  • Equipe Multidisciplinar
  • Facilidade de Acesso
  • Atendimento Humanizado
  • Tecnologia a Favor do Paciente
  • Cetamina
  • Eletroconvulsoterapia (ECT)
  • Estimulação Magnética Transcraniana (EMT)
  • Consultas Psiquiátricas
Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia

GEDDA Clinica Médica em Goiania

Mais de 15 Especialidades Médicas, Exames, Psicologia, Nutrição, Laudos, Tratamentos e Checkups

  • Acessibilidade Financeira
  • Ampla Gama de Especialidades
  • Horários Flexíveis
  • Atendimento Rápido
  • Equipe Multidisciplinar
  • Facilidade de Acesso
  • Atendimento Humanizado
  • Tecnologia a Favor do Paciente

Clínica GEDDA: Agendamento Rápido pelo Whatsapp e Telefone

Doenças Diagnosticadas e Tratadas na Ginecologia
Depoimentos e Avaliações
Erica Patricia da Silva
Erica Patricia da Silva
17/01/2024
Uma clinica popular que é excelente nos atendimentos, a Dr Ana Paula que faz ultrassom é super educada e uma ótima profissional. Dr. Vitor Emmanuel maravilhoso.
Celena Mourao
Celena Mourao
05/10/2023
Essa clínica é ótima
Ieda Gonçalves De Aguiar
Ieda Gonçalves De Aguiar
03/08/2023
foi muito tranquilo, muito valiosa
Lingerie Resende
Lingerie Resende
03/08/2023
Profissionais de excelência! Parabéns