A angiologia, especialidade médica dedicada ao estudo e tratamento das doenças vasculares, oferece diversas abordagens para lidar com condições que afetam veias, artérias e vasos linfáticos. Entre os tratamentos convencionais, destacam-se:

1. Medicação Específica

  • A medicação específica desempenha um papel crucial no campo da angiologia, contribuindo para o controle e gestão das doenças vasculares. Essa abordagem farmacológica visa atender às necessidades individuais dos pacientes, abrangendo uma variedade de medicamentos com propósitos distintos.

    Anticoagulantes e Antiagregantes Plaquetários

    Anticoagulantes são frequentemente prescritos para prevenir a formação de coágulos sanguíneos, reduzindo o risco de trombose em artérias e veias. Já os antiagregantes plaquetários atuam impedindo a aderência excessiva das plaquetas, promovendo a circulação sanguínea adequada.

    Estabilizadores de Lipídios

    O controle do perfil lipídico é vital na angiologia. Medicamentos como as estatinas desempenham um papel crucial na redução dos níveis de colesterol, minimizando o acúmulo de placas nas artérias e prevenindo doenças relacionadas.

    Agentes Antipressores

    Doenças vasculares muitas vezes estão associadas a problemas de pressão arterial. Os agentes antipressores ajudam a manter a pressão arterial em níveis saudáveis, contribuindo para a integridade dos vasos sanguíneos.

    Vasodilatadores

    Para condições em que é essencial dilatar os vasos sanguíneos, os vasodilatadores são empregados. Esses medicamentos facilitam o fluxo sanguíneo, aliviando sintomas e promovendo a saúde vascular.

    Tratamento da Insuficiência Venosa

    Em casos de insuficiência venosa, medicamentos como os flebotônicos podem ser indicados. Eles fortalecem as paredes das veias, melhorando a eficiência do retorno venoso e aliviando sintomas como inchaço e dor.

2. Procedimentos Cirúrgicos

  • Os procedimentos cirúrgicos desempenham um papel fundamental na angiologia, oferecendo abordagens diretas e eficazes para corrigir condições que afetam veias, artérias e vasos linfáticos. Essas intervenções visam restaurar a função vascular, aliviar sintomas e prevenir complicações. Destacamos alguns dos procedimentos mais comuns:

    1. Revascularização Coronariana:

    • Descrição: Indicada para casos de obstrução nas artérias coronárias, a revascularização coronariana pode ser realizada por meio de pontes de safena ou implante de stents, restabelecendo o fluxo sanguíneo adequado ao coração.

    2. Endarterectomia:

    • Descrição: Utilizada para tratar o estreitamento das artérias, a endarterectomia envolve a remoção da placa de ateroma que obstrui o vaso, restaurando sua permeabilidade e prevenindo complicações isquêmicas.

    3. Cirurgia de Aneurisma:

    • Descrição: A reparação de aneurismas, seja por meio de técnicas abertas ou endovasculares, visa fortalecer a parede enfraquecida do vaso sanguíneo, prevenindo rupturas potencialmente fatais.

    4. Bypass Vascular:

    • Descrição: Este procedimento cria um desvio ao redor de uma obstrução, utilizando enxertos ou veias do próprio paciente para restaurar o fluxo sanguíneo normal em áreas afetadas.

    5. Flebectomia:

    • Descrição: Especialmente indicada para o tratamento de varizes, a flebectomia consiste na remoção cirúrgica de veias dilatadas, aliviando sintomas e melhorando a estética.

3. Angioplastia e Stents

  • A angioplastia é uma intervenção minimamente invasiva amplamente empregada em angiologia para tratar estreitamentos ou obstruções em vasos sanguíneos. Esse procedimento visa restaurar a circulação normal por meio da dilatação do vaso afetado.

    Como Funciona:

    1. Inserção do Cateter: Um cateter flexível, equipado com um balão inflável na extremidade, é guiado até o local da obstrução através de um vaso sanguíneo.
    2. Inflação do Balão: Uma vez posicionado, o balão é inflado temporariamente, comprimindo a placa de ateroma e alargando o lúmen do vaso.
    3. Restabelecimento do Fluxo: O aumento do diâmetro vascular restaura o fluxo sanguíneo adequado, aliviando sintomas e prevenindo complicações.

    Stents: Sustentação Estrutural Duradoura

    Os stents são frequentemente utilizados em conjunto com a angioplastia para manter a permeabilidade vascular após a dilatação. Essas estruturas em forma de malha oferecem suporte estrutural ao vaso, prevenindo o estreitamento recorrente.

    Tipos de Stents:

    1. Stents Metálicos Convencionais: Fabricados em materiais como aço inoxidável, oferecem suporte imediato e duradouro, mantendo o vaso aberto.
    2. Stents Farmacológicos: Revestidos com medicamentos que ajudam a prevenir o crescimento excessivo de tecido cicatricial, reduzindo o risco de reestreitamento.
    3. Stents Bioabsorvíveis: Gradualmente absorvidos pelo corpo, esses stents minimizam a presença permanente de material estranho no vaso.

    Vantagens da Angioplastia com Stents:

    • Menor Invasividade: Comparada a procedimentos cirúrgicos tradicionais, a angioplastia com stents reduz significativamente a necessidade de incisões extensas.
    • Recuperação Rápida: A natureza minimamente invasiva permite uma recuperação mais rápida, com menor tempo de internação hospitalar.
    • Redução de Sintomas: Além de restabelecer o fluxo sanguíneo, a angioplastia com stents alivia sintomas como dor no peito, falta de ar e fadiga.

4. Escleroterapia

  • A escleroterapia é uma técnica consagrada na angiologia, focada no tratamento de varizes e vasinhos, proporcionando resultados estéticos e funcionais. Essa abordagem minimamente invasiva destaca-se por sua eficácia e simplicidade, tornando-se uma escolha comum para milhões de pessoas em busca de soluções para problemas vasculares.

    Como Funciona:

    1. Avaliação Prévia: Antes do procedimento, o angiologista realiza uma avaliação minuciosa das varizes, determinando a extensão do problema e identificando os vasos a serem tratados.
    2. Injeção do Esclerosante: Um medicamento esclerosante líquido é injetado diretamente nas varizes. Esse agente provoca irritação na parede interna do vaso, levando ao fechamento da veia.
    3. Colapso da Veia: O esclerosante induz uma reação inflamatória controlada, resultando no colapso da veia tratada. Ao longo do tempo, o corpo absorve a veia fechada, eliminando-a do sistema circulatório.

    Indicações:

    • Varizes de Pequeno e Médio Calibre: A escleroterapia é altamente eficaz para tratar varizes de menor calibre, conhecidas como vasinhos, assim como varizes de médio calibre.
    • Estética e Funcionalidade: Além dos benefícios estéticos, a escleroterapia pode aliviar sintomas associados às varizes, como dor, inchaço e sensação de peso nas pernas.
    • Procedimento Ambulatorial: Geralmente realizado no consultório médico, a escleroterapia é um procedimento ambulatorial que não requer internação hospitalar, facilitando a recuperação do paciente.

    Variações da Escleroterapia:

    1. Escleroterapia Líquida Convencional: Utiliza um líquido esclerosante para tratar varizes de médio calibre.
    2. Escleroterapia com Espuma: A substância esclerosante é transformada em espuma, permitindo o tratamento de varizes de maior calibre com eficácia.
    3. Microespuma Densa: Uma variante avançada da escleroterapia com espuma, adequada para vasinhos mais finos e delicados.

Tratamentos Inovadores

A evolução da angiologia incorporou técnicas avançadas para proporcionar tratamentos mais eficazes e menos invasivos:

1. Terapia com Laser

  • Utilização de feixes de luz concentrada para eliminar coágulos ou reduzir o tamanho de varizes, proporcionando resultados satisfatórios com menor tempo de recuperação.

2. Crioescleroterapia

  • Semelhante à escleroterapia convencional, porém utilizando crioterapia para resfriar as veias, tornando o procedimento mais seguro e confortável.

3. Ablação Endovenosa a Laser ou Radiofrequência

  • Técnica que consiste na aplicação de calor controlado, seja por laser ou radiofrequência, para fechar veias doentes, eliminando a necessidade de remoção cirúrgica.

4. Medicina Regenerativa

  • Pesquisas exploram o uso de células-tronco e fatores de crescimento para estimular a regeneração vascular, oferecendo perspectivas promissoras para o tratamento de doenças vasculares.
clinica goiania - whatsapp 1

Completa, acessível e especializada em você!

Raio-X
Ressonância
PRÉ-NATAL
ULTRASSOM
USG Morfológico
Laboratoriais
Pré-operatórios

Tomografia
Checkup Cardiológico
Checkup Mulher
Checkup Homem
Cardiovasculares
Oftalmológicos

ULTRASSONOGRAFIAS
– GESTACIONAL
– MORFOLÓGICO
– TRASFONTANELA
– TRANSVAGINAL

Agende Agora!

clinica goiania - whatsapp 1
clinica popular em goiania telefone1

A CLÍNICA COMPLETA

medicina da dor
medicina da dor
cardiologista em goiania
  • Consultas
  • Tratamentos
  • Risco Cirúrgico
  • Eletrocardiograma
  • MAPA
  • Holter
  • Teste ergométrico
  • Exames de Laboratório
ginecologista em goiania go
  • Consulta
  • Prevenção
  • Pré-Natal
  • Menopausa
  • Ultrassom
  • Mamografia
  • Densitometria
oftalmologista em goiania
  • Consulta
  • Exames completos
  • Avaliação
  • Diagnósticos
  • Teste do olhinho
  • Glaucoma
  • Catarata
oftalmologista em goiania